terça-feira, 15 de novembro de 2011

fila

Todo ano a mesma coisa: os pequenos (4 a 5 anos) olham pros amigos das outras salas que fazem fila para tudo na escola -  saída, entrada, parque, vídeo, brinquedoteca,pátio.(sem contar a tal Musiquinha "Meu lanchinho")  Meus alunos, através de muitas conversas percebem que não há necessidade  para fila em muitos  momentos - mas precisamos  ter alguns cuidados: não correr, nao "atropelar" nem empurrar o amigo, da pra ir andando calmamente, curtindo esse percurso, escolhendo até mesmo com quem se quer ir...Fila apenas nos momentos de reais necessidades: na hora de servir o prato com a comida ou pegar a fruta, ou outro momento realmente necessário, num contexto que a criança entenda a real necessidade, que sem a fila ficaria mesmo uma bagunça.  O espaço da escola  pertence ao grupo que precisar curtí-lo também.  As crianças sabem que precisamos fazer fila no supermercado na hora de pagar, por exemplo, mas quando estamos escolhendo alguma coisa,é só ter o bom senso de esperar a outra pessoa sair  e essa mesma pessoa   nao se demorar ou "abrir" um pouco o caminho pra outra pessoa escolher o produto... Convivência se aprende CONVIVENDO... e  não preciso de fila pra andar com meus amigos na calçada...Nem cantar "Meu lanchinho" por 3 anos seguidos!

9 comentários:

  1. Você tem toda razão! A "fila" é moda nas escolas e muitas vezes não há nem um motivo para que ela exista...Precisamos parar e refletir! Gostei do seu post e vou começar a policiar minha prática!

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma dificuldade enorme em manter meus pequenos em fila, kkkkkkkkkkkk logo que percebo eu mesmo consegui desfaze-la... deve ser porque também acredito que não seja necessaria em todos os momentos... gostei do post e desejo boa sorte para seu blog, bjssssssssssssssssss
    Joseilda Veronica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Joseilda, quando a gente não acredita não tem quem acredite! Desacredite logo dessas filas desnecessárias! Só use as verdadeiramente importantes e necessárias! Abração
      BEL
      www.pitecos-pedagogicos.blogspot.com

      Excluir
  3. Muito bom encontrar "pitecos" como esse! Me lembro de uma escola onde debati muito acerca dessas filas, pois minhas crianças caminhavam tranquilamente após os acordos e bastava determinar a fila para que tudo fosse esquecido... Esse militarismo ainda presente impondo a ideia de "ordem" como se fosse a única opção de organização é lamentável!

    ResponderExcluir
  4. Comungo com esse pensamento!Faz tempo discutimos no Carmelita essa "herança" que nos foi deixada pelos tempos autoritários: fila,grade,estratégias,palavras que ficaram desses tempos sombrios. Deixemos Que as crianças circulem por seu espaço, experimentando todas as possibilidades dessa convivência!!

    E a propósito Bel... Adorei a maçã por aqui!!
    Roberta Petin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Deixemos Que as crianças circulem por seu espaço, experimentando todas as possibilidades dessa convivência!!"..

      É, a instituição tem medo de perder o "controle"...

      Sobre a maçã...ela virou símbolo! :) bjão! BEL

      Excluir
  5. É muitas vezes repetimos práticas, desvinculadas do contexto onde fariam sentido. A fila é assim...
    Pode nos parecer "que não faz tão mal fazer fila", "não mata ninguém" e organiza, diriam alguns.
    Na sede do controle, ensinamos a reproduzir e obedecer. Até mesmo o sentido, de que Isabel falou, acaba desvalorizado. Bom, que os Pitecos nos ajudem a arejar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cice, amiga...

      claro que faz o maior sentido a fila no cinema, no banco, no supermercado....e até mesmo na cantina ou na "merenda" . E em outros momentos verdadeiramentes contextualizados e necessários!!! bjão BEL

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir